quarta-feira, janeiro 03, 2007

Passagem de ANO - A RESSACA!!!!!

Boas!

E cá estamos nós a entrar em mais um ano. Fds, pu** que pariu. 2007! Quem diria à uns anos que o mundo ia chegar ao ano 2007. Deveria ter acabado em 2000. ou não? Ainda bem que não.

Este ano até conseguimos combinar +/- as coisas e fomos para Albufeira. Altamente. Depois de um bons kms no meu bruto carro, sp a 200km/h, chegámos ao algarve em perto de 6h. Hehe!

Sexta feira
- dia de reconhecimento. Eu o Ratasa e o Che. A casa era altamente. Bastante espaço (e convinha, pois a comandita vinha quase às duzias). Depois do reconhecimento, a escolha do canto da casa que seria destinado a descansar a cabeça e o porco (aka corpo)... A jornada seria grande, mas nada de travessias de deserto, pois já se sabia que seria bem regada.
- Como a casa era grande, vieram entretanto mais inspectores. Depois de confirmação decidiram então fazer o teste de usabilidade. Bem, o teste foi grande pois ficaram até quase ao fim. Nada a declarar. Deu pra toda a gente e todos curtimos à grande.

Sábado
- Dia intermédio. O nervoso miudinho começava a aparecer. O dia porque esperávamos aproximava-se. Foi um dia altamente. Acordámos cedo (3 PM), almoçámos uns bifes de Vaca (não de apartamento) e fomos investigar então a cidade. Fomos para a zona da praia dos pescadores. Ruas e mais ruas, e ainda ruelas. Todas cheias de cafés, restaurantes e bares. Mas em que país estávamos!? De portugal só mesmo o território, pois mais parecia que estávamos em UK. Bifes do crlho que vêm para cá dominar o algarvio. Ms nem tudo era mau. Sentámo-nos num cafézito (com nome português mas na me lembra) e era um "alantejano" de origem a servir. fazia jus à proveniência. Apesar de estarmos a pagar mais caro por estarmos a consumir na explanada, os pedidos era hábilmente feitos "à rodada", pois para o alentejano "poupava trabalho". pois nós sabemos a vontade... Já algo bem regados, tinhamos de decidir o que fazer... O sexo feminino, tb já bastante regado, decidiu ficar pelo centro a emborcar mais umas imperiais (finos) e jantar por lá. Já o sexo masculino, tava mesmo a ver o que ia acontecer...
- Bem, mais umas birras e esquecemos que não funcionamos a álcool e que temos de comer. Excelente ideia tivemos ao ir para casa. Deixámos os carros em casa e fizemos então o jantar. Entrecosto na brasa! Não sei se foi pelo cheiro, ou pela proveniência não muito abastada de alimento (áfrica), o espretalhada do crlho no seu renovado audi vinha a derreter pneu na autoroute para chegar ao sul mais depressa. Tanto foi que ainda chegou para comer o entrecosto e quase nos lambia os camarões que tinhamos preparado.
- Depois de comer e buber à lorde, café e digestivo, e digestivo, e digestivo pros pulmões e lá fomos de taxi pra ramboia.
- Chegámos à zona da praia da Oura, onde tem montes de bares. Parecíamos baratas tontas, terreolas a chegar de autocarro à big city! É complicado decidir algo com um grupo tão grande. Bem, a garganta já secava. Bota uma birra. Fino copo plástico 3.50€, corona garrava (5€). Fosga-se. Já tavamos para pegar nos taxis, nos carros e voltar prá terrinha e passar o fim de ano por lá a beber cerveja barata e com o pessoal de sempre de todos os anos. TAVA A BRINCAR!!!! seria o desespero. Bem, engolimos em seco (pois a primeira birra foi rápida e já tavamos a entrar em stress e pediam muito dinheiro por um bem de 1ª necessidade :)), e fomos então dar uma volta a ver o que se decidia. não se decidiu nada. ora parávamos aqui e bebiamos uma cerveja num bar a 2€, canecas a 2.5€, ora parávamos aqui e bebiamos uma cerveja num bar a 2€, canecas a 2.5€. lol. Ms foi muito fixe. Dpois fomos pra casa continuar a beber aperitivos e descansar o porco.

Domingo - Big Night!!!!
Hoje sim, bamos partir esta merda toda e mostrar de onde somos! O dia foi igual aos outros. Descansar, tentar que os outros fizessem o que não queriamos fazer, tomar banho (17 pessoas)... Jantámos bem, bebemos bem, preparámos as recargas para a noite e lá fomos nós. Bem, não fomos logo pois os fdp's dos taxistas pareciam que não nos queriam levar. Passado algum tempo, lá vieram os taxis. Fomos então para a praia dos pescadores, onde se passava a loucura, a animação, a buba, as gajas, ou seja, tudo! Nada disso. tava vazio... A festa já tinha acabado. grrr. Fomos então caminhar um pouco (25 minutos) para a zona da Oura, novamente para os bares dos bifes. Novamente a indecisão. Não. não podia ser assim. Quando o pessoal se juntou todo, dáva pra prever que já havia bastante álcool no seio do grupo. quase baixas... Ms como é tudo de barba rija, bota prá frente. Uns deram umas voltas e outros foram para o Libertos. Bar com bom aspecto. à entrada o Ché quase que ficava.
segurança:
"O seu amigo não vai criar problemas?"
eu:
"Não se preocupe, eu responsabilizo-me!"

Hehe. Lá acreditou que o homem tava em boas condições. Lá dentro foi o normal. muito álcool, alguns aperitivos, muito álcool....

De resto, o que fica na memória da noite, é mesmo o fim, em que eu e o Banana tivémos mais de 2as horas à espera de um táxi, pois quando apareceu o taxi que nos convinha, o nosso aspecto até poderia não aparentar muita saúde gregorial, mas o cambalear do Che não ajudou em nada para entrar no taxi. Ou seja, o taxista mal nos viu mandou-nos pro crlho. Para mim, ele deve ter comunicado com todos os taxistas pra não parar, pois só uma alma caridosa parou, já quando mais de 2as horas tinham passo e o sol já queimava o cérebro bem alto.

Segunda - Dia de ressaca- nada a declarar -> muito descanso, sofá, colçhão, cerveja e aperitivos....
- à noite... (ver linha anterior)

Terça - back to reality- fosga-se, acabou! Acabou a vida boa, a curtição, as férias. Bota ao trabalho! Ms tá calmo, pois deu pra escrever este testamento!


No fim de contas, foi altamente! Bastante diferente do que se passou em anos anteriores. Correu como esperado! Eu adorei, e pró ano há mais!!!

Comentem!


Enviem-me fotos do grupo para eu colocar no post

1 comentário:

PretenderJorge disse...

Amigos, fico muito feliz por se terem divertido muito, tenho pena ñ poder ter ido, mas agora ainda bem que ñ fui...já deves saber que o meu tio faleceu, assim tive a oportunidade de tar mais uns momentos com ele.

Talvez para o ano consiga ir.

Abraços para todos e bom ano.